Nascido no estado da Pensilvânia, desde cedo mostrou interesse pelas artes plásticas. Do ano 1976 até o ano 1978 estudou design gráfico numa escola de arte em Pittsburgh. Antes de acabar o curso, transferiu-se para Nova Iorque, onde seria grandemente influenciado pelos graffitis, inscrevendo-se na School of Visual Arts. Abertamente homossexual, seu trabalho reflexivo também é um conjunto de temas homo-eróticos. Haring também apoiava a prostituição, por isso alguns de seus temas são considerados eróticos. Keith Haring começou a ganhar notoriedade ao desenhar a giz nas estações de metrô de Nova Iorque. As suas primeiras exposições começaram a partir de 1980 no Club 57, que se tornou um ponto de encontro da elite vanguardista. Na mesma década, participou em diversas bienais e pintou diversos murais pelo mundo – de Sydney a Amsterdã e mesmo no Muro de Berlim. Amigo pessoal de Grace Jones, foi ele quem lhe pintou o corpo para o videoclip “I’m Not Perfect”. Em 1988, abre um Pop Shop em Tóquio.

Na ocasião, afirma:

“Em minha vida fiz muitas coisas, ganhei muito dinheiro e me diverti muito. Mas também vivi em Nova Iorque nos anos do ápice da promiscuidade sexual. Se eu não pegar SIDA, ninguém mais pegará.” _ Keith Haring.
Meses depois em entrevista à revista Rolling Stone declara que tem o vírus HIV. Em seguida, cria a Keith Haring Foundation, em favor das crianças vítimas da SIDA. Em 1989, perto da igreja de Sant’Antonio Abate, em Pisa, Itália, executa a sua última obra pública – o grande mural intitulado Tuttomondo1 , dedicado à paz universal.

Haring morreu aos 31 anos de idade, vítima de complicações de saúde relacionadas à doença, tendo sido um forte activista da conscientização de seus perigos, que abordou mais que uma vez em suas obras e pinturas.

Links