Voltar para o mapa principal Direções

APOENA

Datas

Criação 2006

Término 2012

Partindo da informação que o prédio onde a obra foi instalada ganhou um prêmio ambiental, pensei inicialmente em fazer um memorial de árvores naquele espaço e por isso dei início a pesquisa sobre árvores nativas. No decorrer desse processo, encontro a expressão indígena Apoena, que significa aquele que enxerga longe, e deu nome a instalação. O elemento branco fixado na parede é o corte da seringueira e o que está no chão é o látex escorrendo. Quando se extrai o látex, usa-se um baldinho para a coleta e esse eu desloquei (metaforicamente). E quando desloquei, o látex escorreu. Então coloco isso na obra. O balde foi transformado num observatório. Dentro dele tem uma foto da Mata Atlântica, de Priscila Forone. A ideia é que o observatório seja como uma memória. Essa é a ideia da Apoena, destacar a necessidade de enxergar longe é pensar na natureza.

Links

Estilos:

Fechar

Comentários

Deixe uma resposta

'
Mapa About