Um dos precursor do movimentoHip Hop no Rio Grande do Sul, grafiteiro, arte educador,tatuador e livre pensador. Difícil de rotular alguém como Luis Flavio, o “Trampo”, mas uma coisa é certa: ele aprendeu o que sabe nas ruas e chegou onde está por insistência. Agora, essa trajetória improvável para um artista é mais respeitada do que nunca, assim como o estilo único que ele desenvolveu ao longo do caminho. Natural de Porto Alegre, vem se destacando há mais de20 anos, com um traço bem marcante. Seu trabalho é reconhecido em grandes exposições nacionais e internacionais, tanto é que no último ano expôs sua arte em espaços nobres como o Santander Cultural, em Porto Alegre, a galeria Choque Cultural e o centro cultural Paço das Artes, em São Paulo,Bienal de Graffiti Mube São Paulo e etc.