Roteiros

por Arte Fora do Museu

Criar roteiro

Série de TV

por Arte Fora do Museu

adicionado 24 de maio de 2019

114 obras

Esta coleção de obras corresponde à seleção dos artistas que participaram da série de tv do Arte Fora do Museu gravada em 2018.

Escola Criativa

por Arte Fora do Museu

adicionado 22 de agosto de 2018

39 obras

Escola Criativa é um iniciativa do Instituto Choque Cultural que leva artistas urbanos para fazer pinturas pedagógicas, falando de química, ciências, literatura, matemática e envolvendo a escola em um ambiente mais colorido.

 

LABCIDADE – Poesia no Concreto

por Arte Fora do Museu

adicionado 1 de abril de 2016

12 obras

Poesia no Concreto é uma exposição que acontece na rua, no espaço urbano, a céu aberto, nas proximidades da Choque Cultural, Vila Madalena, São Paulo.
É uma celebração do novo movimento de poesia urbana que está crescendo em São Paulo e outras cidades brasileiras.
Para ver/participar da exposição, siga os doze números pintados no chão pelo Coletivo 6emeia. Ao longo do percurso balizado pelos números, surgem coladas em cartazes, pintadas com estêncil, rabiscadas à mão, poemas visuais de vários artistas. Abaixo, os artistas que foram convidados para essa exposição:

Coletivo Transverso (Brasília) – frases rápidas e humoradas, às vezes ácidas, às vezes básicas.
Lau Guimarães (São Paulo) – narrativas curtas e íntimas integram espaço físico e poético.
Onde Jazz Meu Coração (Cuiabá) – poesia de coração, a parte mais (o)usada do corpo
Ana Persona (São Paulo) – micro-contos, foto-narrativas, mini-novelas, tudo sem começo-meio-fim.
VJSuave (Buenos Aires) – a frase que marcou a cidade: “Mais Amor Por Favor” é dele.
Mauro Neri (São Paulo Grajaú) – Vi Ver a Cidade de ângulos e por lugares diversos.
Thiago Cervan (Atibaia) – sua poesia parece simples mas as aparências esganam.
Marina Rima (São José do Rio Preto) – sua palavra se espalha em f r
a g m
e n t o s

POESIA NO CONCRETO faz parte do programa LABCIDADE – uma experiência curatorial para o espaço urbano, que envolve novas tecnologias digitais e transforma a cidade num laboratório de práticas culturais interconectadas. Colaboração, Participação e Continuidade. LABCIDADE não teve um começo definido e não tem um fim programado. É uma continuidade de ações eu se acumulam, combinam, contaminam contrapõem permanentemente. : http://www.choquecultural.com.br/2016/01/22/choque-cultural-e-labcidade-apresentam-dia-2501/

LABCIDADE não acontece num lugar certo, nem num lugar errado, mas no lugar em constante transformação que é a cidade, as cidades, os bairros, os territórios culturais que colonizamos ou deixamos colonizar.
LABCIDADE é a tomada (220) do espaço público
Realização Choque Cultural, produção República das Bananas, fotografia e vídeo Sylvia Sanches, comunicação Agência Lema. Agradecimentos: Subprefeitura de Pinheiros, Conselho Rua Aberta Medeiros de Albuquerque e todos os artistas e pessoas que fazem a Vila Madalena mais humana.

Mapa List