Arquitetura

Edifício Altino Arantes (Edifício do Banespa, Banespão ou Farol Santander)

R. João Brícola, 24 - Centro Histórico de São Paulo, São Paulo - SP, 01014-010, Brasil

Inspirado no Empire States norteamericano, foi por muito tempo o prédio mais alto da cidade (em 2011 é o terceiro) com 161,22 metros contando a antena no topo. Ainda hoje, com a profusão de prédio desde sua fundação (1947), se destaca no skyline paulistano sendo um dos cartões postais da cidade. O projeto do novo edifício ficou por conta do engenheiro e arquiteto Plínio Botelho do Amaral, mas foi adaptado pela construtora Camargo & Mesquita.

Nos anos 1950, a torre foi ocupada pela antena retransmissora da TV Tupi. Na década de 1960 teve seu nome mudado para “edifício Altino Arantes”, uma homenagem ao primeiro presidente brasileiro do banco

Construído a partir de 1939 pelo interventor federal Ademar Pereira de Barros para sediar o Banco do Estado de São Paulo. Em 2000, o prédio foi incorporado ao patrimônio do Grupo Santander, que comprou o Banespa.

Do alto do mirante do edifício é possível ter um raio de visão de 360º e que atinge cerca de 40 quilômetros, de onde é possível ver a Serra do Mar, o Pico do Jaraguá, os prédios da Avenida Paulista e as principais construções do Centro.

Artista

Plínio Botelho do Amaral

Estilo

Art déco

Dimensão

Área:

Largura:

Altura: 161,22 m

Data

Criação: 1939

Término: 1947

Loading...