Arquitetura

Instituto Tomie Ohtake

Rua dos Coropés, 88 - Pinheiros, São Paulo, 05426-010, Brazil

Importante espaço cultural que pode ser avistado de longas distâncias em São Paulo, tornando um ponto de referência da cidade tomada por prédios. Facilmente reconhecida por sua cor rosa e o desenho com uma aba no topo, sua presença ajudou a modificar os bairros no arredor.

O Instituto Tomie Ohtake destaca-se por ser um dos raros espaços da cidade especialmente projetado, arquitetônica e conceitualmente, para realizar mostras nacionais e internacionais de artes plásticas, arquitetura e design.

Como homenageia a artista que lhe dá o nome, o Instituto desenvolve exposições que focalizam os últimos 60 anos do cenário artístico, ou movimentos anteriores que levam a entender melhor o período em que Tomie vem atuando, organizando mostras inéditas no Brasil como Louise Bourgeois, Josef Albers, Yayoi Kusama, Salvador Dalí, Joan Miró, entre outras.

O edifício foi projetado pelo filho de Tomie Ohtake, Ruy Ohtake. A instituição é presidida por Ricardo Ohtake, também filho de Tomie Ohtake, e seu curador-chefe é Paulo Miyada.

Em 2000, foi lançado o projeto do Instituto Tomie Ohtake na cidade de São Paulo e sua inauguração se deu no ano de 2001. Ele foi instalado em um complexo chamado Ohtake Cultural, o qual tem um centro de convenções, dois prédios de escritórios e um centro cultural unidos por um Grande Hall de serviços. Com a ajuda do Grupo Aché, foi possível construir o prédio, o qual foi projetado por Ruy Ohtake.

Tanto o projeto arquitetônico quanto o nome da instituição são uma homenagem a consagrada artista plástica Tomie Ohtake, a qual tem um enorme reconhecimento e importância na arte brasileira.

Aberto de terça a domingo das 11h às 20h

Artista

Ruy Ohtake

Estilo

Moderno

Dimensão

Área: 4.400 metros quadrados

Largura:

Altura:

Data

Criação: 2000

Término: 2001

Loading...